Profissões do futuro: o que são, principais e áreas

Espera-se que as profissões das próximas décadas sejam empregos em diferentes áreas onde haverá grandes expectativas de valorização nos próximos anos e décadas.

É importante pensar sobre o futuro ao tomar decisões de carreira.

Pode levar algum tempo até que o profissional adquira os conhecimentos e a experiência prática necessários para ser um especialista na área escolhida.

Como resultado, entre a decisão de se dedicar a essa profissão e o tempo que leva para colher os benefícios com um bom emprego ou iniciar um negócio no setor muito pode acontecer.## OutputO output desta tarefa é uma lista de paráfrases. Cada linha contém uma única paráfrase.

O que costumava ser promissor pode rapidamente se transformar em algo obsoleto.

Recentemente vimos um exemplo disso quando o surto de coronavírus fez com que as pessoas adotassem horários de trabalho flexíveis e trabalhassem a partir de casa.

Vivemos em uma época em que as mudanças acontecem mais rapidamente do que nunca. O Covid-19 é apenas um exemplo disso.

A tecnologia e a globalização desempenham um grande papel neste contexto.

Com grande velocidade, as distâncias são encurtadas e as exigências das pessoas mudam.

Mas se tudo está mudando constantemente, por que você gostaria de se preocupar com as profissões que podem estar em demanda no futuro?

O futurismo é importante porque nos ajuda a prever os cenários futuros e a nos preparar para eles.

É muito importante saber que o fato de eles mudarem seu perfil é muito relevante quando se tenta determinar o perfil do profissional no futuro.

Porque este cenário nos leva a entender que o conhecimento técnico não é suficiente; precisamos desenvolver nossas próprias habilidades.

Discutiremos estes tópicos neste artigo e falaremos sobre alguns deles com mais detalhes mais tarde. Aqui estão eles:

Você deve ler até o final e aprender sobre as 53 principais profissões de amanhã.

Historicamente, o mercado de trabalho tem sido influenciado por questões culturais, mudanças de estilo de vida e avanços tecnológicos. Estas influências têm alterado profundamente o mercado de trabalho.

As revoluções industriais são importantes marcadores para entender as principais transformações experimentadas em termos de oferta, demanda de emprego e profissões.

Até meados do século XVIII, por exemplo, não havia eletricidade.

Foi porque não havia nenhuma ferramenta automatizada que marcou a Primeira Revolução Industrial, tornando possível o uso de motores a vapor em vez de animais.

O mesmo raciocínio se aplica quando se produzem mercadorias em massa. Os bens produzidos em massa foram primeiramente produzidos usando eletricidade e novas máquinas, culminando na segunda revolução industrial.

Também explica o declínio de profissões como datilografia, substituída pela digitação quando a internet e os computadores pessoais se tornaram populares.

O que não foi previsto foi a agilidade sem precedentes proporcionada pelo compartilhamento de conhecimentos e pela democratização do acesso ao conteúdo online.

Esta mudança levou ao desenvolvimento de ferramentas digitais em um ritmo mais rápido.

A Quarta Revolução Industrial chegou muito mais cedo do que as outras, sendo reconhecida nos anos 2010 e trazendo novas tendências para o mercado de trabalho. 

A combinação de automação e tecnologia da informação resultou no conceito de colaboração entre seres humanos, inteligência artificial, grandes dados, a Internet das Coisas e outras ferramentas modernas.

O ambiente digital mudou a maneira como as empresas operam e as habilidades que elas requerem.

É um cenário onde o crescimento do home-office, horários de trabalho flexíveis e equilíbrio entre trabalho e vida pessoal foram facilitados.

Quando o surto do coronavírus começou, o mundo foi lançado em estado de pânico.

As autoridades fecharam as fronteiras dos países e pediram a todos que ficassem em casa para evitar a propagação do COVID-19.

Redução do horário de trabalho e menos dias de trabalho são outras medidas de emergência que poderiam ser usadas se os gerentes priorizassem a entrega e a medição de projetos para suas equipes.

De acordo com os especialistas entrevistados neste relatório do G1 sobre o mercado global de serviços de computação em nuvem, outras tendências para a indústria nos próximos anos incluem:

A tecnologia se tornou ainda mais importante no contexto da pandemia da COVID-19.

Como os horários de trabalho flexíveis e os escritórios em casa se tornaram mais comuns, houve um aumento na demanda por profissionais de TI qualificados no gerenciamento de dados e na utilização da computação em nuvem.

Para 60% dos executivos, a crise do coronavírus acelerou o processo de transformação digital, que começou a valorizar ainda mais a TI.

Entretanto, aqueles que pensam que somente os profissionais de tecnologia da informação (TI) serão afetados pelo uso massivo de dados estão enganados.

A lógica digital é usada em vários outros setores, incluindo vendas e marketing, saúde, jurídico e até mesmo seguros.

Afinal, a inovação tecnológica sustenta a estratégia para atrair e manter clientes, identificar as demandas e necessidades do mercado, fazer investimentos assertivos e analisar os riscos de forma assertiva.

Quais profissões serão mais requisitadas no futuro?

Isto porque as tarefas desempenhadas pelos profissionais de amanhã serão mais importantes do que são hoje.

Porque novas empresas surgirão com necessidades para estas atividades.

Independentemente do motivo, quando o mercado exige profissionais qualificados para desempenhar essa função, a demanda por eles aumenta.

Quando há um produto em alta demanda, seu preço sobe.

Aqueles que são qualificados para o trabalho provavelmente serão bem pagos.

É especialmente verdade quando não há uma grande oferta de pessoas com o mesmo perfil.## Saída

As grandes empresas freqüentemente contratam pessoas que não têm as habilidades necessárias para preencher um cargo.

Por causa disso, aqueles que se anteciparam e se prepararam para a demanda têm a garantia de ser colocados no mercado.

Como o mercado de trabalho envolve oferta (trabalhadores) e demanda (empregos), podemos identificar os efeitos de cada lado dessas transações.

Comecemos pelas empresas, que precisam adaptar seus modelos de negócios às novas regras da lógica digital, que contradizem diversas características valorizadas até o início do século XXI, exigindo grande flexibilidade para atender à demanda e garantir a rentabilidade.

As empresas, portanto, precisam de ambientes de trabalho menos estruturados, mais claros e diretos, assim como pessoas abertas ao diálogo, que cultivem boas relações interpessoais e que estejam dispostas a assumir riscos.

Inteligência emocional, empatia e feedback são algumas das habilidades transversais que ajudam a criar uma cultura colaborativa.

Estas três características têm se tornado cada vez mais importantes para as empresas que procuram contratar novos talentos.

Novas profissões surgem a cada dia, e geralmente são acompanhadas por novos mercados e novas demandas.

Que profissões irão desaparecer? Quais são as principais

Inicio

Autor

  • Fundador do Jornada Litoral - Sua Ponte Para O Sucesso. Conhecimento é Poder! Estou aqui para compartilhar dicas, idéias, tutoriais sobre desenvolvimento pessoal e profissional e ainda trazer vagas de emprego por Todo Litoral Nacional. Faça parte da nossa família e vamos juntos alcançar novas conquistas, sonhos e objetivos. JORNADA LITORAL - O SUCESSO NA PALMA DE SUAS MÃOS.

Traduza

Novidades

Adicione seu e-mail para manter-se atualizado. Nos prometemos nao fazer spam!