Muitos influenciadores passaram a ensinar as pessoas sobre temas que conhecem bem.

Os influenciadores ganham dinheiro com a venda de seus próprios produtos. Por exemplo, um blogueiro de viagens pode criar um curso inteiro sobre como viajar a baixo custo.

Um exemplo disso seria um blogueiro de moda que cria um eBook sobre como criar um guarda-roupa para cápsulas. Algumas pessoas ganham milhares por mês vendendo cursos on-line.

Outra forma de os influenciadores ganharem dinheiro de seus seguidores é através de dicas ou doações. Por exemplo, algumas pessoas têm sites onde seus seguidores podem doar dinheiro a eles.

Algumas também têm uma conta na mídia social onde os seguidores podem comprar café para eles.

Uma variação de gorjetas é usar sites como o Patreon. É um modelo de associação onde os membros podem pagar pelo acesso ao conteúdo de um influenciador. Às vezes, o influenciador pode não ter nenhum conteúdo disponível para não-patrônicos.

Vendendo roupas online Muitas vezes eles gastam muito mais dinheiro do que precisam em roupas, na maioria das vezes para que possam mostrar roupas diferentes para seus seguidores.

Você não precisa saber quais são suas habilidades e paixões compartilháveis

Então, muitas pessoas que não querem manter seus itens por muito tempo os vendem em outra plataforma de mídia social ou no mercado on-line. Se você quer se tornar um influenciador de moda, esta é uma ótima maneira de maximizar sua exposição.

Eventos ao vivo são outra maneira que os influenciadores ganharam dinheiro.

Um influenciador que publica fotos de suas viagens pode ganhar dinheiro ao planejar uma viagem apenas para alguns poucos seguidores.

Por um lado, um influenciador de moda pode ganhar dinheiro hospedando uma “venda ao vivo no armário” onde os seguidores podem comprar roupas usadas que tenham apresentado on-line.

Os Influenciadores podem criar seus próprios produtos e vendê-los diretamente a seus seguidores. Os influenciadores às vezes criam seus próprios produtos a partir do zero. A blogueira da moda Danielle Bernstein do site We Wore What has started her own fashion line.

Os Influenciadores usam seus seguidores para criar colaborações com outras marcas, oferecendo linhas de maquiagem, linhas de roupas e muito mais.

Os influenciadores se tornaram carreiras cada vez mais populares nos últimos anos. Em parte porque as pessoas percebem o quanto pode ser lucrativo.

Alguns influenciadores podem escolher operar seus negócios de uma maneira antiética. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer para garantir que está seguindo os influenciadores éticos.

É realmente importante que um Influenciador revele quando eles foram pagos para promover uma marca. Também se aplica aos itens que eles recebem em troca de compartilhá-los nas mídias sociais.

Os Influenciadores devem revelar qualquer relação que tenham com as marcas. Quer seja por dinheiro ou por produtos gratuitos ou descontos.

Se os influenciadores que você segue compartilham produtos em seus perfis nas mídias sociais, certifique-se de que eles revelem qualquer relacionamento. De acordo com a FTC (Comissão Federal de Comércio), divulgações vagas como “conteúdo patrocinado”, “colaborado” ou “status de amador” As divulgações devem deixar claro se uma postagem foi patrocinada ou paga.

Se você quiser seguir os influenciadores éticos, procure por eles para compartilhar produtos que eles realmente usam. Você não pode saber com certeza quais produtos as pessoas usam em seu dia-a-dia, a menos que os conheça pessoalmente. Há maneiras de determinar se uma recomendação é legítima.

Por exemplo, se uma blogueira recomenda consistentemente a mesma marca de xampu, é provavelmente porque ela mesma a usa e apóia a marca. Se parece que eles estão promovendo um xampu diferente cada vez, é provável que estejam simplesmente tentando promover qualquer empresa disposta a pagar por seus serviços.

Não há empresas ou produtos perfeitos.

Se o trabalho de alguém era ajudar seus seguidores a tomar decisões de compra, eles deveriam compartilhar tanto o bom quanto o não tão bom sobre os produtos que usam.## Input

Eles compartilham tanto os prós (aspectos positivos) quanto os contras (aspectos negativos)? Eles apontam algo que não gostam sobre o produto? Se eles nunca compartilham nada de que não gostam, então parece que suas recomendações não são realmente “genuínas”.

Autor

  • Fundador do Jornada Litoral - Sua Ponte Para O Sucesso. Conhecimento é Poder! Estou aqui para compartilhar dicas, idéias, tutoriais sobre desenvolvimento pessoal e profissional e ainda trazer vagas de emprego por Todo Litoral Nacional. Faça parte da nossa família e vamos juntos alcançar novas conquistas, sonhos e objetivos. JORNADA LITORAL - O SUCESSO NA PALMA DE SUAS MÃOS.

Traduza

Novidades

Adicione seu e-mail para manter-se atualizado. Nos prometemos nao fazer spam!